Um idoso que virou notícia enquanto estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para se tratar da covid-19, recebeu alta no último sábado, 01 de agosto. Enquanto ficou sob cuidados médicos, o evangélico de 81 anos cantava a todo instante, e ao deixar o hospital, voltou a cantar.

Gabriel Teixeira, sapateiro, é integrante do coral da igreja que frequenta. No final de julho, quando foi internado, ele virou notícia nos telejornais da TV Anhanguera por cantar para alegrar os pacientes e profissionais de saúde.

Ao deixar o Hospital de Campanha de Itumbiara, no sul de Goiás, ele comemorou sua vitória contra a covid-19 cantando o Salmo 91. A saída do hospital foi acompanhada pelos médicos e enfermeiros que ajudaram em seu tratamento, assim como familiares e amigos.

Segundo informações, Teixeira mora na cidade de Morrinhos, a 90 km de distância de Itumbiara, e ao deixar o hospital carregou um cartaz com a mensagem ‘Eu venci o Covid-19’. De cadeira de rodas, cantou o Salmo 91 e foi aplaudido pelos profissionais de saúde do hospital, que seguravam balões para comemorar sua alta médica.

“Ele está muito feliz. Está no oxigênio ainda, um pouco fraco, mas está bem. Melhorando a cada dia”, contou a esposa do idoso, Dorli Alves da Silva, de 61 anos.

Na família, outras sete pessoas, entre elas uma bebê de 4 meses, tinham sido contaminadas pela Covid-19, mas ninguém precisou ser internado. Dorli, no entanto, contou que todos da família já estão recuperados: “Eu tive, minha filha, meu genro, três netas, uma nora. Mas todos ficamos em isolamento, tomamos o remédio passado e já estamos curados”, contou.

A irmã do idoso, Terezinha Augusta de Paula, também expressou sua alegria com a alta de Teixeira: “Ele é do coral da igreja, sempre teve a voz muito bonita. E o sucesso dele [contra a doença] se deve a duas coisas: primeiro a Deus, que é quem cura, quem salva, e ao pessoal do hospital, que foi maravilhoso, muito atencioso”, resumiu.

Ele passou mais de 20 dias internado após realizar exames no início de julho. Ele procurou uma unidade de saúde com sintomas gripais, mas foi mandado de volta para casa. Entretanto, os sintomas foram evoluindo, e ele procurou um hospital no dia 8 de julho, quando já estava em situação delicada, o que obrigou a uma transferência para o HCamp de Itumbiara.

Louvor

Outra idosa que venceu o novo coronavírus e saiu cantando do hospital foi a “irmã Ulda”, uma veterana do círculo de oração, que decidiu celebrar cantando o hino Vencerá, da Harpa Cristã.

Após ser diagnosticada com a Covid-19, a idosa ficou onze dias internada no Hospital Macrorregional Tomás Martins, na cidade de Santa Inês (MA). Ao receber alta hospitalar no dia 16 de maio, ela deu uma demonstração de que o pulmão estava completamente restaurado e saiu cantando o clássico hino 372 da Harpa Cristã.

“Quem possui a Cristo, n’Ele firme está. Achará poder para o mal combater. Porque Suas promessas Ele cumprirá. Quem está em Cristo, sempre há de vencer. Vencerá, vencerá, por Seu sangue vencerá. Vencerá, vencerá, sempre vencerá. Pois Jesus que impera, novas forças dá. E quem n’Ele espera sempre vencerá”, diz a letra entoada pela idosa.